DISCIPLINA – Galo segue à risca pedido de Levir sobre evitar faltas e é equipe que menos sofre suspensões

ATLETICO-GUIAMINASNETBR

O Atlético tem encantado seus torcedores com um estilo de jogo ofensivo e não é à toa que lidera o Campeonato Brasileiro. Fora isso, o Galo tem provado que não precisa abusar do antijogo para apresentar um futebol eficiente. De todos os clubes da Série A, o Alvinegro é o que menos sofreu com suspensões de jogadores: apenas três em 16 rodadas.

Time mais disciplinado do Brasileiro, o Galo teve Patric como único jogador expulso na competição, na vitória alvinegra sobre o Flamengo. O lance que resultou no cartão vermelho foi a demora em cobrar um lateral. Carlos César e Leonardo Silva levaram três amarelos e desfalcaram a equipe em uma partida.

Durante as entrevistas, o técnico Levir Culpi costuma destacar que o grupo é instruído para evitar parar o adversário com faltas, a não ser em ocasiões específicas. Um dos segredos do Galo para correr menos riscos é manter a posse de bola e acertar os passes.

“Eu me preocupo em errar poucos passes, isso é o principal. As faltas já não me agradam tanto nas médias, embora ache um fator fundamental. O time que não faz falta sofre muito. Há diferença em fazer uma falta, que faz parte do jogo, e parar a partida em excesso. Em alguns momentos ela (falta) é tática, técnica, como no basquete, você tem esse direito, digamos assim. O que não pode é cometer um atentado, matar o cara, entrar de sola”, disse o treinador.

O papel dos árbitros no Brasileiro 2015 é outro ponto que favorece quem não para o jogo em demasia. Os donos do apito estão mais rigorosos com as reclamações e têm deixado a partida correr, com estilo similar ao do futebol europeu. A recomendação partiu da própria CBF. O elenco do Atlético chegou a receber uma palestra sobre normas disciplinares no início do Nacional.

No levantamento feito pelo Superesportes, constatou-se que os clubes com menos suspensões estão na parte de cima da tabela, reflexo de equipes equilibradas e menos tensas pela condição no Brasileiro. Do lado oposto, times da zona de rebaixamento e com campanhas ruins lideram nas suspensões, com exceção ao Joinville – que teve poucos desfalques por cartões.

Veja na ordem os clubes com menos atletas suspensos (seja por cartões amarelos ou vermelhos e alguns jogadores em mais de uma oportunidade):

Atlético (3 no total)
Corinthians (4 no total)
Chapecoense (4 no total)
Flamengo (4 no total)
Palmeiras (5 no total)
Sport (5 no total)
São Paulo (6 no total)
Joinville (7 no total)
Internacional (7 no total)
Goiás (8 no total)
Grêmio (8 no total)
Fluminense (8 no total)
Figueirense (8 no total)
Cruzeiro (9 no total)
Atlético-PR (10 no total)
Ponte Preta (10 no total)
Avaí (11 no total)
Coritiba (11 no total)
Santos (12 no total)
Vasco da Gama (14 no total)

 

UAI.

Compartilhe

Copyright © Guia BrasilNet - Guia BrasilNet trás Busca,Empresas,Serviços, Notícias, Humor, Dicas, Promoções, Oportunidades e Negócios de Minas Gerais