GAAALOOO – Atlético-MG acaba com invencibilidade do Sport e assume liderança isolada

MG - BRASILEIRÃO/ATLÉTICO MG E SPORT - ESPORTES - O jogador Giovanni Augusto do Atlético MG comemora gol durante a partida entre Atlético MG e Sport PE válida pela Série A do Campeonato Brasileiro 2015 no Estádio Mineirão em Belo Horizonte (MG), nesta quarta-feira (08). 08/07/2015 - Foto: DANIEL TEOBALDO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

MG – BRASILEIRÃO/ATLÉTICO MG E SPORT – ESPORTES – O jogador Giovanni Augusto do Atlético MG comemora gol durante a partida entre Atlético MG e Sport PE válida pela Série A do Campeonato Brasileiro 2015 no Estádio Mineirão em Belo Horizonte (MG), nesta quarta-feira (08). 08/07/2015 – Foto: DANIEL TEOBALDO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Os mais de 50 mil torcedores que foram ao Mineirão, nesta quarta-feira, acompanharam um bom jogo entre Atlético-MG e Sport. Com os dois times muito bem armados, o duelo no Gigante da Pampulha exigiu paciência das equipes para encontrar os espaços necessários para as finalizações. Melhor para o Galo, que venceu por 2 a 1, chegou ao quinto triunfo seguido e ainda assumiu a liderança isolada do Brasileiro.

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo argentino Lucas Pratto, completando cruzamento de Thiago Ribeiro, mas logo na sequência Matheus Ferraz, de cabeça, empatou para o Sport, com Giovanni Augusto recolocando o Galo à frente. Com o resultado, o Atlético-MG chegou aos 26 pontos assumindo a ponta do Brasileiro de forma isolada. Já o Sport segue em terceiro na tabela com 23 pontos.

Há exatamente um ano atrás o Mineirão foi palco da trágica derrota do Brasil por 7 a 1 para a Alemanha, e nesta quarta-feira, o estádio sediou outro grande jogo, que não teve placar tão elástico, mas plasticamente foi muito bem jogado, quem sabe simbolizando o renascimento do futebol brasileiro.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG terá pela frente confronto contra a Ponte Preta, partida marcada para sábado, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o Sport, voltará jogar diante da torcida na Ilha do Retiro, recebendo o Palmeiras, no domingo.

O jogo – O duelo no Mineirão começou com equilíbrio de forças, com Atlético-MG e Sport procurando o campo de ataque em busca do gol, o que deixou a partida movimentada e digna de um confronto de líderes. Taticamente, os dois times se posicionaram bem, principalmente na marcação.

Para tentar surpreender o Leão, o Galo apostou na troca constante de posições dos atacantes da equipe. Thiago Ribeiro começou o jogo ocupando a faixa esquerda do campo, com Maicosuel do lado direito, mas com dez minutos de partida, os dois atletas já tinha feito a inversão de lado. Já o argentino Lucas Pratto ficou mais centralizado, segurando os marcadores pernambucanos.

Já no Sport, Eduardo Baptista compactou a equipe, porém, com uma saída rápida para ao ataque. Com este cenário, o Atlético-MG teve mais posse de bola, mas com dificuldade para penetrar na defesa visitante, o que fez os goleiros trabalharem pouco. Vale destaca que o confronto não deixou de ser interessante pelo baixo número de finalizações.

Após os 25 minutos, o Galo foi acuando o Sport no campo de defesa, trocando passes próximo da área do goleiro Danilo Fernandes, esperando o momento correto para conseguir a conclusão. Com vários jogadores no campo ofensivo, o Atlético-MG deu espaços para o Leão, que tentou explorar estas brechas, em um jogo de paciência.

A melhor chance do primeiro tempo foi do Atlético-MG, com Maicosuel lançando Lucas Pratto, que sairia na cara do goleiro da equipe pernambucana, que foi mais esperto ao sair da meta e tirar a bola dos pés do argentino. O torcedor atleticano, que lotou o Gigante da Pampulha, chegou a comemorar um gol de Thiago Ribeiro, mas o impedimento já tinha sido marcado antes do atacante empurrar a bola para as redes.

Na volta para a etapa final, o Atlético-MG se mostrou mortal logo no primeiro minuto. Thiago Ribeiro engrenou uma quinta marcha pela direita e cruzou na medida para o avante Lucas Pratto aparecer como um raio no meio da defesa pernambucana e mandar uma bomba para levar o torcedor alvinegro à loucura nas cadeiras do Mineirão com a abertura do placar.

A resposta do Sport veio quase que imediatamente. A torcida do Galo ainda comemorava quando Matheus Ferraz apareceu livre na área do Atlético-MG para desviar cruzamento da esquerda, estufando as redes de Victor. Se os 45 minutos iniciais foram de um jogo de paciência, no segundo tempo, a partida ficou eletrizante, com muitos lances de emoção.

Prova disso é que aos nove minutos, o armador Giovanni Augusto assinou uma pintura no Mineirão. Da entrada da área, o atleticano acertou o ângulo de Danilo Fernandes com enorme categoria, recolocando o Atlético-MG à frente no marcador. Mesmo em vantagem, o Galo seguiu finalizando mais que os pernambucanos na busca pelo terceiro gol.

O time do Nordeste do Brasil, porém, procurou agredir os mineiros em busca do empate, deixando espaços para os donos da casa, em um confronto que ficou aberto até o apito final e agradou pela qualidade. Com o apito final, a torcida atleticana explodiu em euforia no Gigante da Pampulha.

yahoo.

Compartilhe

Copyright © Guia BrasilNet - Guia BrasilNet trás Busca,Empresas,Serviços, Notícias, Humor, Dicas, Promoções, Oportunidades e Negócios de Minas Gerais