LAVRAS – Estatísticas da Seds mostram que Lavras teve três homicídios em 6 meses

violencia_arma_revolver_sangue_tiro_homicidio_assalto_extraida_do_facebookEnquanto cidades comemoram cinco anos sem o registro de homicídios, como no caso de Ingaí, Carrancas, São Bento Abade e São Vicente de Minas, cidades da região de Lavras, a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) divulgou dados que mostram a redução de homicídios também nas maiores cidades do Sul de Minas, os números são do primeiro semestre deste ano.

Das seis maiores cidades do Sul de Minas – Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos, Lavras e Itajubá – três andaram na contramão: Varginha, Lavras e Itajubá. Nestas cidades não foi registrada redução. Os dados são uma comparação dos primeiros seis meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Em Poços de Caldas, a maior cidade do Sul de Minas, no primeiro semestre, se comparado ao ano passado, o número de homicídios caiu de 4 para 2; em Pouso Alegre, os crimes caíram de 5 em 2013 para 3 este ano; Passos, a cidade mais violenta entre as seis maiores do Sul de Minas, o número de homicídios no primeiro semestre de 2013 foi de 12 e este ano caiu para 10.

Em Lavras, Varginha e Itajubá os números se elevaram: em Lavras, no primeiro semestre do ano passado, foram registrados dois assassinatos e este ano já atingimos a casa dos três crimes. O primeiro homicídio do ano em Lavras aconteceu na noite do dia 27 de fevereiro, no bairro Tipuana II. Um homem de 52 anos foi morto a golpes de facão e pauladas, o crime aconteceu na frente de sua filha, uma criança de 10 anos.

O segundo homicídios em Lavras foi registrado no dia 25 de maio, foi de um rapaz de 21 anos, ele foi encontrado morto na manhã do dia 26, no bairro Novo Horizonte, foi morto a tiros e jogado numa lagoa do serviço de captação da água da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), ele havia sido assassinado com três tiros na região da cabeça.

O terceiro assassinato foi quatro dias depois que o rapaz de 21 anos foi encontrado na lagoa, também no bairro Novo Horizonte, foi um jovem de 22 anos, ele morreu depois de receber um golpe certeiro de faca na altura do peito e o assassino era também jovem, um rapaz de 24 anos.

Em Varginha no ano passado foi registrado apenas um assassinato no primeiro semestre e, este ano, já foram contabilizados cinco crimes. Em Itajubá, a sexta maior cidade do Sul de Minas, o número também é expressivo: nos seis primeiros meses do ano passado 4 pessoas perderam a vida nas mãos de assassinos e este ano, em igual período, já foram 5 homicídios.

Campo Belo não figura entre as maiores cidades do Sul de Minas, mas é a campeã neste quesito: de janeiro a julho já foram registrados 7 homicídios naquela cidade, que faz parte da área de abrangência do 8º Batalhão, que tem sede em Lavras.

Em todo o Sul de Minas os homicídios aumentaram 43,1% no primeiro quadrimestre.

jornaldelavras.

 

Pão e Saúde - (35) 3821-8146

Compartilhe

Copyright © Guia BrasilNet - Guia BrasilNet trás Busca,Empresas,Serviços, Notícias, Humor, Dicas, Promoções, Oportunidades e Negócios de Minas Gerais