VEJA – Acusado de roubo chora ao descobrir que juíza foi sua amiga na escola; veja o vídeo

JUIZA

Arthur Booth e Mindy Glazer estudaram juntos durante o ensino fundamental em uma escola em Miami, nos Estados Unidos, mas tomaram rumos distintos com o passar dos anos. Sem notícias um do outro, os ex-colegas de classe se reencontraram nesta semana em um tribunal – ele no banco dos réus e ela como juíza responsável pela audiência. Ao reconhecer o amigo, Glazer não se conteve. “Senhor Booth, tenho uma pergunta para você. Você frequentou a [escola] Nautilus?”, questionou. Sem conter a emoção, Booth apenas repetiu, “Oh meu Deus, oh meu Deus”, ao mesmo tempo que em que escondia o rosto com as mãos.

O reencontro aconteceu na última quinta-feira, depois que Booth foi detido por policiais ao invadir uma casa, roubar um carro e tentar fugir. Durante a fuga, ele ainda causou dois acidentes antes de bater o veículo e ser preso. “Eu sinto muito em te ver aqui. Eu sempre me perguntei o que havia acontecido com você”, disse Glazer.

“Este era o garoto mais legal da escola. Ele era o melhor. Eu costumava jogar futebol americano com ele e olhem só o que aconteceu”, completou a juíza. Muito emocionado, o amigo não conseguiu dizer nada, apenas abaixou a cabeça e chorou. “Boa sorte para você, senhor. Eu espero que você consiga sair dessa e siga uma vida legal daqui pra frente”, completou a ex-colega e atual responsável pela audiência de fiança de Booth, cujo valor foi fixado em US$ 43 mil.

Segundo uma prima do réu, o reencontro com a ex-colega de escola encheu Booth de remorso e o fez lembrar do que ele poderia ter sido. “O episódio trouxe de volta lembranças do quanto ele já foi inteligente. Ele tinha boas notas, era atleta e bilíngue”, disse a prima de Booth, Melissa Miller, em entrevista ao jornal Local 10.

Compartilhe

Copyright © Guia BrasilNet - Guia BrasilNet trás Busca,Empresas,Serviços, Notícias, Humor, Dicas, Promoções, Oportunidades e Negócios de Minas Gerais