VIOLÊNCIA – Violência: mulher é estuprada em Lavras

violencia-contra-mulher-beleza-mixnarede-lavrasA violência contra a mulher é um problema que afeta o Brasil e os demais países do mundo, ela pode ser física, sexual, psicológica, econômica e ter outras formas, algumas afetam as mulheres desde de seu nascimento até a velhice, deixam marcas indeléveis. A violência contra elas prejudica as famílias, a comunidades, as gerações e reforça outros tipos de violência predominantes na sociedade.

A violência contra as mulheres está em todas as partes: em casa e nas ruas. No fim da noite de ontem uma mulher de 46 anos foi vítima de estupro cometido por um rapaz de 27 anos. O crime foi premeditado, isso porque, segundo a vítima, o rapaz passava constantes mensagens telefônicas para ela e fazia ligações, sempre demonstrando interesse por ela.

Na noite de ontem, domingo, ela aceitou sair com o rapaz que a pegou de carro, ele estava acompanhado de um amigo. Os três seguiram para o centro da cidade, onde o amigo foi deixado, em seguida, saíram passeando de carro. Em determinado momento, o rapaz disse a ela que o carro havia apresentado um “defeito” e parou.

Próximo ao local da parada do automóvel tem uma casa que, segundo a vítima, o rapaz entrou e a convidou, dizendo que buscaria auxílio para consertar o carro. Ela o acompanhou e dentro da casa percebeu que ela não era habitada. Neste momento o rapaz a obrigou a praticar sexo com ele, depois a levou até um local ermo e a deixou.

A mulher acionou a Polícia Militar que a encontrou chorando muito. Ela narrou a história para os policiais que saíram ao encalço do suspeito. Os militares encontraram o carro, um Volkswagen Gol estacionado na garagem de uma residência, ele ainda estava com o motor quente. Os policiais foram informados pelo pai do rapaz que ele havia deixado o carro e saído a pé.

A polícia continuou a procurá-lo e o encontrou na avenida Duque da Rocha, no bairro de Nova Lavras, sendo reconhecido pela vítima. Os dois foram conduzidos para a Unidade Regional de Pronto Atendimento (Urpa), depois liberados. O rapaz foi levado para a 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil (Depol), onde prestou depoimento a autoridade competente. Ele responderá pelo crime de estupro.

texto e fonte: jornaldelavras.

 

LS Informática - (35) 3826-5907

Compartilhe

Copyright © Guia BrasilNet - Guia BrasilNet trás Busca,Empresas,Serviços, Notícias, Humor, Dicas, Promoções, Oportunidades e Negócios de Minas Gerais